Atendimento
33 3516.3192 | 33 99909-5100

ABPM concede certificação Qualitrat à Campo Alegre Madeiras

ABPM concede certificação Qualitrat à Campo Alegre Madeiras

 
Após aderir e passar durante semanas por auditoria técnica, jurídica e trabalhista, a Campo Alegre Madeiras recebeu no dia 12 de agosto passado o Certificado Qualitrat Adesão da ABPM (Associação Brasileira de Preservadores de Madeira)
Concebido com o apoio do Instituto Totum, uma das entidades mais conceituadas na área de autorregulamentação, o programa da ABPM garante ao consumidor que ele está adquirindo produtos de uma empresa que opera de acordo com princípios de qualidade e legalidade.

 
As empresas que buscam a excelência em seus processos de produção para atender seus clientes com eficácia e qualidade, precisam comprovar este diferencial na prática, e o selo Qualitrat é a prova concreta de que estamos focados neste objetivo”, enfatizou Marcelo Matsumura Kohl, diretor geral da Campo Alegre Madeiras.

Para Flávio C. Geraldo, presidente da ABPM, com um selo de qualificação concedido às usinas de tratamento de madeira, fica clara a seriedade do setor com um programa de comprometimento, em que os preceitos da qualidade e da legalidade são acatados plenamente.

A certificação que garante a legalidade e a qualidade da madeira tratada já é exigida por empresas do exterior que importam a madeira brasileira; órgãos públicos de alguns estados só podem adquirir madeira com certificações específicas, incluindo comprovações de legalidade, qualidade e garantia , além da comprovação de origem, o que não deixa de ser uma limitação ao uso de madeira nativa e uma oportunidade para a madeira de reflorestamento tratada,” ressaltou ele.
Portanto, o trabalho da ABPM para desenvolver o Qualitrat caminha ao lado da tendência mundial de garantir legalidade e qualidade a determinado produto”, finalizou.




 
Qualitrat: garantia de qualidade e legalidade

Discutido durante anos e implementado em abril de 2012, o programa nasceu em função da existência de ações predatórias no setor de madeira tratada.
Programa de autorregulamentação da ABPM que garante qualidade e legalidade ao consumidor de madeira tratada, o selo de qualificação é concedido às usinas de tratamento de madeira, após aprovação em rigorosos critérios técnicos.
Em 2014, a ABPM lançou o Qualitrat Adesão . Essa categoria destina-se às empresas que querem se familiarizar com o programa e ainda estão se adaptando a todas as exigências para obtenção da certificação Pleno, voltada para as usinas em estágio avançado de qualificação.
Para conquistar o Qualitrat, independentemente da categoria, é necessário atender a 100% dos indicadores obrigatórios (38 no Pleno e 21 no Adesão) e 60% dos desejáveis (35 no Pleno e 3 no Adesão).

O selo é capaz de atestar critérios agrupados em 5 categorias, sendo:
Habilitação e Idoneidade Jurídica;
Gestão de Qualidade nos Processos;
Gestão Ambiental
Regularidade Social, Trabalhista e Gestão de Saúde e Segurança;
Ética e Responsabilidade Social.



Sobre a ABPM

Criada em 25 de agosto de 1969, a ABPM (Associação Brasileira de Preservadores de Madeira) atua como fórum nacional do setor de proteção de madeiras no Brasil, representando o segmento industrial madeireiro junto aos órgãos reguladores e poderes legislativo e executivo.
Reúne em seu quadro associativo usinas de preservação de madeira, indústrias químicas e empresas de madeira tratada. Tem como foco o apoio e a difusão de pesquisas técnicas, além de ações comerciais e legais que contribuam para a expansão do uso adequado de madeiras preservadas em diversos campos da atividade econômica.
Atua ainda na elaboração de normas técnicas do setor de madeira tratada e no desenvolvimento de sistemas de categorias de uso, baseados em normas internacionais e adaptados no Brasil pela associação.